Olá, bom início de noite, leitores! Fiquei lhes devendo essa, então, está aí.
Sinopse: Don é um homem inteligente, bem sucedido, que não tem muitos amigos e vive sua rotina com um certo padrão, enquanto tem a esperança de achar uma esposa que se encaixe PERFEITAMENTE em todos os padrões impostos por ele, quando conhece Rosie, uma mulher completamente diferente de Don, e ele decide ajuda-la em um tópico muito importante para ela.

Resenha: No início, achei o livro um pouco parado e até um pouco chato, mas depois me apaixonei pelo Don. O livro é bem fofo, mas não entrou na lista dos meus favoritos. Porém ainda é bem recomendado.
O que mais gostei nesse livro é o modo como ele relata que as pessoas são diferentes e que temos que viver bem, aceitando o lado do outro... A velha frase: "Alguém tem que ceder". E é tão legal a forma como os personagens  aprendem um com o outro. No final, vale a pena.



Boa tarde! Desculpem pela demora, mas estou aqui e falei que iria fazer uma resenha deste livro.
Sinopse: Este livro contêm um conjunto de crônicas e contos, sobre o mundo, o amor e a vida vistos pelos olhos de Bruna Vieira. Ela contra sobre sua vida desde que se mudou para São Paulo e começou a viver a sua vida, quando as coisas mudaram na cabeça dela.
Resenha: Achei fantástico o modo como ela escreve, como expressa seus pensamentos, adorei os próprios pensamentos e frases, inclusive, minha favorita foi essa: "Sabe aquela coisa de não esperar demais dos outros? É bobeira. Se a gente parar de acreditar em quem a gente ama, a gente para, sem querer, de acreditar em nós mesmos."
O último conto, tem 44 páginas e eu amei. Porém, o livro é muito cansativo, achei muito fraco para ser um livro, é como abrir um livro de poesias, não um livro literário e acho que me decepcionei porque esperava uma história. Enfim, pelo modo como ela escreve, estou muito ansiosa para começar a ler a sua trilogia que é, realmente, um livro. Espero não me decepcionar, de novo.