Uma das alegrias de ser blogueira é ver o correio chegar em sua casa com itens de parcerias para você. Agradeço, constantemente, pela confiança. E hoje, venho resenhar o livro "Quilômetros de saudade" da Angélica Pina que fez um book tour com algumas meninas e adivinha quem está entre elas? EUZINHA!!! Vamos lá! Espero que gostem e, como sempre, serei sincera...



Sinopse: Daniela é uma jovem mineira que durante uma viagem de férias à Natal, conhece Fernando. Os dois se entendem muito bem e iniciam uma amizade virtual, que não evolui porque, além da distância a separá-los, existe Jorge, o belo e atraente namorado da moça, por quem é apaixonada e que detém sua total lealdade.
  Fernando passa por um momento delicado após o fim de um relacionamento, por isso mesmo não apresentou durante a viagem nenhuma "ameaça" ao namorado de Daniela.
  Aproximando-se cada vez mais de Fernando, e após sofrer uma decepção com Jorge, Daniela um dia se vê apaixonada pelo amigo, mas sem coragem de se declarar - e pensando sempre na questão da distância entre Minas Gerais e o Rio Grande do Norte, que os atrapalharia no caso de desejarem viver algo juntos e foi o estopim para o fim do namoro anterior dele.
  Até que ponto a distância geográfica realmente a plenitude de um sentimento?

Resenha: Antes de tudo, gostaria de dizer que em muitos momentos do livro quis socar a Daniela pelo modo como aparenta ser dramática ao extremoooo, sou romântica como ela e sei que o drama faz parte, mas ela passa dos limites (hahaha), porém, a estória mostra como os acontecimentos mudam as pessoas. Ela aparentava ser tão infantil no início só que no fim, foi madura e forte. Gostei bastante do jeito decisivo e focado dela no final do livro.
É um daqueles livros que a gente fica brigando com as burrices da personagem, tem raiva do namorado dela e fecha o livro, diz que não vai ler e abre de novo,
  Gostei bastante do Fernando da primeira cena dele até a última. Ele é fofo, atencioso, carinhoso, esforçado e é um antônimo perfeito do namorado (ex) da Daniela. A amizade que se forma entre eles é muito bacana. E sobre as amigas? Fiquei apaixonada. É uma amizade saudável e divertida. Já a família... Não gostei como relatou a avó, parecia que era utilizada apenas para momentos "complicados" e depois nem tchu pra ela e isso deixou a Daniela com um jeito ainda maior de "mimada". 
  No geral, sobre a história, é bem simples, rotineira e bastante clichê. A escrita é bastante simples o que facilita a leitura, porém quando une o fato de ser um estória comum e que já imaginamos tudo do começo ao fim + a leitura rápida + vocabulário  simples, acabou se tornando um livro que não me puxou tanto, confesso. E esperava mais do final, porém é uma boa leitura rápida e nos mostra que, as vezes, temos que enfrentar as adversidades da vida, assim como ela enfrentou e eu gostei disso.

Bem, agradeço, mais uma vez, a Angélica que foi super atenciosa, carinhosa e que nos fez ficarmos bastante confortáveis diante do nosso trabalho. Volto logo!


  Olá, gente! Espero que tenham um pouco de paciência comigo (rsrs) por estar tão sumida, mas estou tentando voltar e acho que tô conseguindo. Bem... Este post é um pouco informativo, tenho uma notícia!!!
  Tenho certeza de que você já ouviu que você ficaria melhor com tal cor de cabelo, com aquele estilo ou que era pra assistir outro gênero de filme. Não estou aqui para falar de críticas, se trata de mudanças. Pois em algum momento, você pensou "Por que não? Mudar um pouco..."
  As constantes mudanças fazem parte da nossa história. Forma quem somos e renovou quem fomos. Porém, o melhor tipo ainda é a evolução. E hoje, inicio a minha e a nossa. Como sabem, o blog é literário. Porque a minha paixão gigantesca são os livros. E esta é a minha mudança. Estamos deixando de ser, exclusivamente, literário por ter recebido algumas propostas, mas isso é assunto pra outro post.

Espero que me ajudem, vejo vocês logo!!!